CENTRO-OESTE

Na região Centro-Oeste, as crianças e os adolescentes são mais vítimas do que agressores: